Please use this identifier to cite or link to this item: http://localhost:8080/xmlui/handle/7891/3468
Title: Teoria da dialogicidade de Paulo Freire: a educação bancária na era dos transtornos de aprendizagem
Authors: Cunha, Roseane Paulo
Nascimento, Ana Bárbara da Silva
Orrú, Sílvia Ester
Sá, Ana Luiza de França
Silva, Virgínia
Keywords: Diálogo / Dialogicidade
Subjetividade / Objetividade
Emancipação
Issue Date: Sep-2014
Publisher: IX Encontro Internacional do Fórum Paulo Freire
Series/Report no.: Grupo Eventos; Subgrupo Encontro Internacional do Fórum Paulo Freire
Abstract: Este trabalho é um estudo inicial acerca da subjetividade social de professores de uma escola pública de Brasília, Brasil. Esta proposta inclui-se na modalidade de reflexão teórica no eixo temático 1: A educação que emancipa frente às injustiças, desigualdades e vulnerabilidades. A recorrente emissão de laudos médicos/psicológicos de transtornos de aprendizagem suscitou uma reflexão teórica para além da culpabilização da pessoa que aprende. A partir da problematização da situação da escola contemporânea trazemos a hipótese de que a normatização das estratégias de aprendizagem por parte dos alunos, característica dos processos de institucionalização, não contribuem a emergência do sujeito que aprende. Para contribuir nesta discussão, trazemos os conceitos de diálogo e educação bancária a partir da obra de Paulo Freire que nos ajuda a compreender de que maneira a emissão de laudos médicos de transtornos de aprendizagem participam de uma educação que não valoriza o diálogo, o que ressalta a condição bancária do espaço escolar atual.
URI: http://acervo.paulofreire.org:8080/xmlui/handle/7891/3468
Appears in Collections:Artigos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
FPF_PTPF_01_0451.pdf103.47 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.