DSpace Sobre o software DSpace
 

Centro de Referencia Paulo Freire >
Centro de Referência Paulo Freire >
Acervo Paulo Freire >
Obra >
Áudios >

Utilize este identificador para referenciar este registo: http://acervo.paulofreire.org:80/xmlui/handle/7891/2928

Título: Pedagogia do Oprimido (áudiolivro)
Autor: Freire, Paulo
???metadata.dc.coverage.spatial???: São Paulo
Data: 16-Ago-2012
Relatório da Série N.º: Obra de Paulo Freire; Série Áudios
Descrição: Locução realizada pelo Instituto Paulo Freire e gravação e edição realizada pelo Coletivo Digital. Locutores: Lutgardes Costa Freire.
???metadata.dc.format.extent???: 614 min.
???metadata.dc.type???: Áudio
URI: http://acervo.paulofreire.org:80/xmlui/handle/7891/2928
Aparece nas Colecções:Áudios

Ficheiros deste registo:

Ficheiro Descrição TamanhoFormato
FPF_OPF_02_001_Integral_B.oggÁudiolivro completo236,7 MBOGGVer/Abrir
FPF_OPF_02_001_Integral_C.mp3Áudiolivro completo287,85 MBMPEG AudioVer/Abrir
FPF_OPF_02_001_Integral_M.oggÁudiolivro completo780,92 MBOGGVer/Abrir
FPF_OPF_02_001_02c_Ninguem_educa_ninguem_B.ogg02c Ninguém educa ninguém6 MBOGGVer/Abrir
FPF_OPF_02_001_00_Primeiras_palavras_pes_de_pag_B.ogg00 Primeiras palavras - Pés de págs.613,84 kBOGGVer/Abrir
FPF_OPF_02_001_00_Primeiras_palavras_B.ogg00 Primeiras palavras6,45 MBOGGVer/Abrir
FPF_OPF_02_001_02a_A_concepcao_bancaria_da_educacao_como_instrumento_da_opressao_B.ogg02a A concepção bancária da educação como instrumento da opressão6,66 MBOGGVer/Abrir
FPF_OPF_02_001_02b_A_concepcao_problematizadora_e_libertadora_da_educacao_B.ogg02b A concepção problematizadora e libertadora da educação8,77 MBOGGVer/Abrir
FPF_OPF_02_001_02e_Pes_de_pag_B.ogg02e Pés de pags.1,76 MBOGGVer/Abrir
FPF_OPF_02_001_03a_A_dialogicidade_da_educacao_como_pratica_da_liberdade_B.ogg03a A dialogicidade da educação como prática da liberdade2,59 MBOGGVer/Abrir
FPF_OPF_02_001_03c_O_dialogo_comeca_na_busca_do_conteudo_programatico_B.ogg03c O diálogo começa na busca do conteúdo programático3,08 MBOGGVer/Abrir
FPF_OPF_02_001_03f1_A_significacao_conscientizadora_da_investigacao_dos_temas_geradores_B.ogg03f1 A significação conscientizadora da investigação dos temas geradores9,95 MBOGGVer/Abrir
FPF_OPF_02_001_03f2_A_significacao_conscientizadora_da_investigacao_dos_temas_geradores_B.ogg03f2 A significação conscientizadora da investigação dos temas geradores13,26 MBOGGVer/Abrir
FPF_OPF_02_001_03g_Pes_de_pag_B.ogg03g Pés de pags.6,93 MBOGGVer/Abrir
FPF_OPF_02_001_04c1_A_teoria_da_acao_dialogica_e_suas_caracteristicas_B.ogg04c1 A teoria da ação dialógica e suas características6,55 MBOGGVer/Abrir
FPF_OPF_02_001_04c2_Unir_para_a_libertacao_B.ogg04c2 Unir para a libertação4,56 MBOGGVer/Abrir
FPF_OPF_02_001_04d_Pes_de_pag_B.ogg04d Pés de pags.10,28 MBOGGVer/Abrir
FPF_OPF_02_001_00_Primeiras_palavras_pes_de_pag_M.ogg00 Primeiras palavras - Pés de págs.1,79 MBOGGVer/Abrir
FPF_OPF_02_001_01a_Justificativa_da_pedagogia_do_oprimido_M.ogg01a Justificativa da pedagogia do oprimido4,54 MBOGGVer/Abrir
FPF_OPF_02_001_01b_A_contradicao_opressores_oprimidos_M.ogg01b A contradição opressores oprimidos60,03 MBOGGVer/Abrir
FPF_OPF_02_001_02b_A_concepcao_problematizadora_e_libertadora_da_educacao_M.ogg02b A concepção problematizadora e libertadora da educação28,66 MBOGGVer/Abrir
FPF_OPF_02_001_02d_O_homem_como_um_ser_inconcluso_M.ogg02d O homem como um ser inconcluso12,78 MBOGGVer/Abrir
FPF_OPF_02_001_01c_A_situacao_concreta_de_opressao_e_os_opressores_B.ogg01c A situação concreta de opressão e os opressores9,1 MBOGGVer/Abrir
FPF_OPF_02_001_01e_Pes_de_pag_B.ogg01e Pés de pags.6,19 MBOGGVer/Abrir
FPF_OPF_02_001_02d_O_homem_como_um_ser_inconcluso_B.ogg02d O homem como um ser inconcluso4,03 MBOGGVer/Abrir
FPF_OPF_02_001_03b_Educacao_dialogica_e_dialogo_B.ogg03b Educação dialógica e diálogo4,6 MBOGGVer/Abrir
FPF_OPF_02_001_03e_A_investigacao_dos_temas_geradores_e_sua_metodologia_B.ogg03e A investigação dos temas geradores e sua metodologia4,88 MBOGGVer/Abrir
FPF_OPF_02_001_04a_A_teoria_da_acao_antidialogica_B.ogg04a A teoria da ação antidialógica15,17 MBOGGVer/Abrir
FPF_OPF_02_001_Prefacio_B.oggPrefácio18,32 MBOGGVer/Abrir
FPF_OPF_02_001_01c_A_situacao_concreta_de_opressao_e_os_opressores_M.ogg01c A situação concreta de opressão e os opressores28,68 MBOGGVer/Abrir
FPF_OPF_02_001_03b_Educacao_dialogica_e_dialogo_C.mp303b Educação dialógica e diálogo5,83 MBMP3Ver/Abrir
FPF_OPF_02_001_03g_Pes_de_pag_C.mp303g Pés de pags.8,79 MBMP3Ver/Abrir
FPF_OPF_02_001_04b_A_teoria_da_acao_antidialogica_e_suas_caracteristicas_C.mp304b A teoria da ação antidialógica e suas características4,57 MBMP3Ver/Abrir
FPF_OPF_02_001_01a_Justificativa_da_pedagogia_do_oprimido_B.ogg01a Justificativa da pedagogia do oprimido1,4 MBOGGVer/Abrir
FPF_OPF_02_001_01d_Ninguem_liberta_ninguem_ninguem_se_liberta_sozinho_B.ogg01d Ninguém liberta ninguém ninguém se liberta sozinho6,21 MBOGGVer/Abrir
FPF_OPF_02_001_01b_A_contradicao_opressores_oprimidos_B.ogg01b A contradição opressores oprimidos18,63 MBOGGVer/Abrir
FPF_OPF_02_001_03d_As_relacoes_homens_mundo_B.ogg03d As relações homens mundo11,34 MBOGGVer/Abrir
FPF_OPF_02_001_04b2_Dividir_para_manter_a_opressao_B.ogg04b2 Dividir para manter a opressão5,96 MBOGGVer/Abrir
FPF_OPF_02_001_04b3_Manipulacao_B.ogg04b3 Manipulação5,72 MBOGGVer/Abrir
FPF_OPF_02_001_04b42_Invasao_cultural_B.ogg04b42 Invasão cultural5,12 MBOGGVer/Abrir
FPF_OPF_02_001_04c3_Organizacao_B.ogg04c3 Organização3,91 MBOGGVer/Abrir
FPF_OPF_02_001_04b41_Invasao_cultural_B.ogg04b41 Invasão cultural12,67 MBOGGVer/Abrir
FPF_OPF_02_001_04c4_Sintese_cultural_B.ogg04c4 Síntese cultural6,66 MBOGGVer/Abrir
FPF_OPF_02_001_00_Primeiras_palavras_M.ogg00 Primeiras palavras20,12 MBOGGVer/Abrir
FPF_OPF_02_001_01d_Ninguem_liberta_ninguem_ninguem_se_liberta_sozinho_M.ogg01d Ninguém liberta ninguém ninguém se liberta sozinho19,44 MBOGGVer/Abrir
FPF_OPF_02_001_01e_Pes_de_pag_M.ogg01e Pés de pags.19,86 MBOGGVer/Abrir
FPF_OPF_02_001_02a_A_concepcao_bancaria_da_educacao_como_instrumento_da_opressao_M.ogg02a A concepção bancária da educação como instrumento da opressão21,26 MBOGGVer/Abrir
FPF_OPF_02_001_02e_Pes_de_pag_M.ogg02e Pés de pags.5,63 MBOGGVer/Abrir
FPF_OPF_02_001_02c_Ninguem_educa_ninguem_M.ogg02c Ninguém educa ninguém19,14 MBOGGVer/Abrir
FPF_OPF_02_001_03b_Educacao_dialogica_e_dialogo_M.ogg03b Educação dialógica e diálogo14,8 MBOGGVer/Abrir
FPF_OPF_02_001_03a_A_dialogicidade_da_educacao_como_pratica_da_liberdade_M.ogg03a A dialogicidade da educação como prática da liberdade8,66 MBOGGVer/Abrir
FPF_OPF_02_001_03c_O_dialogo_comeca_na_busca_do_conteudo_programatico_M.ogg03c O diálogo começa na busca do conteúdo programático10,07 MBOGGVer/Abrir
FPF_OPF_02_001_03e_A_investigacao_dos_temas_geradores_e_sua_metodologia_M.ogg03e A investigação dos temas geradores e sua metodologia15,98 MBOGGVer/Abrir
FPF_OPF_02_001_03g_Pes_de_pag_M.ogg03g Pés de pags.22,86 MBOGGVer/Abrir
FPF_OPF_02_001_Prefacio_M.oggPrefácio59,66 MBOGGVer/Abrir
FPF_OPF_02_001_00_Primeiras_palavras_pes_de_pag_C.mp300 Primeiras palavras - Pés de págs.791,56 kBMP3Ver/Abrir
FPF_OPF_02_001_03a_A_dialogicidade_da_educacao_como_pratica_da_liberdade_C.mp303a A dialogicidade da educação como prática da liberdade3,19 MBMP3Ver/Abrir
FPF_OPF_02_001_03d_As_relacoes_homens_mundo_C.mp303d As relações homens mundo14,32 MBMP3Ver/Abrir
FPF_OPF_02_001_04b41_Invasao_cultural_C.mp304b41 Invasão cultural15,66 MBMP3Ver/Abrir
FPF_OPF_02_001_04c3_Organizacao_C.mp304c3 Organização4,93 MBMP3Ver/Abrir
FPF_OPF_02_001_04b42_Invasao_cultural_M.ogg04b42 Invasão cultural17,21 MBOGGVer/Abrir
FPF_OPF_02_001_03f1_A_significacao_conscientizadora_da_investigacao_dos_temas_geradores_M.ogg03f1 A significação conscientizadora da investigação dos temas geradores32,08 MBOGGVer/Abrir
FPF_OPF_02_001_03f2_A_significacao_conscientizadora_da_investigacao_dos_temas_geradores_M.ogg03f2 A significação conscientizadora da investigação dos temas geradores42,59 MBOGGVer/Abrir
FPF_OPF_02_001_04c3_Organizacao_M.ogg04c3 Organização13,1 MBOGGVer/Abrir
FPF_OPF_02_001_04d_Pes_de_pag_M.ogg04d Pés de pags.34,37 MBOGGVer/Abrir
FPF_OPF_02_001_04b_A_teoria_da_acao_antidialogica_e_suas_caracteristicas_M.ogg04b A teoria da ação antidialógica e suas características11,83 MBOGGVer/Abrir
FPF_OPF_02_001_02a_A_concepcao_bancaria_da_educacao_como_instrumento_da_opressao_C.mp302a A concepção bancária da educação como instrumento da opressão8,24 MBMP3Ver/Abrir
FPF_OPF_02_001_02b_A_concepcao_problematizadora_e_libertadora_da_educacao_C.mp302b A concepção problematizadora e libertadora da educação10,77 MBMP3Ver/Abrir
FPF_OPF_02_001_03f1_A_significacao_conscientizadora_da_investigacao_dos_temas_geradores_C.mp303f1 A significação conscientizadora da investigação dos temas geradores12,58 MBMP3Ver/Abrir
FPF_OPF_02_001_04a_A_teoria_da_acao_antidialogica_C.mp304a A teoria da ação antidialógica18,98 MBMP3Ver/Abrir
FPF_OPF_02_001_04d_Pes_de_pag_C.mp304d Pés de pags.12,9 MBMP3Ver/Abrir
FPF_OPF_02_001_Prefacio_C.mp3Prefácio22,71 MBMP3Ver/Abrir
FPF_OPF_02_001_03d_As_relacoes_homens_mundo_M.ogg03d As relações homens mundo37,25 MBOGGVer/Abrir
FPF_OPF_02_001_04c2_Unir_para_a_libertacao_M.ogg04c2 Unir para a libertação15,12 MBOGGVer/Abrir
FPF_OPF_02_001_04b3_Manipulacao_M.ogg04b3 Manipulação19,1 MBOGGVer/Abrir
FPF_OPF_02_001_00_Primeiras_palavras_C.mp300 Primeiras palavras8,24 MBMP3Ver/Abrir
FPF_OPF_02_001_02d_O_homem_como_um_ser_inconcluso_C.mp302d O homem como um ser inconcluso5,06 MBMP3Ver/Abrir
FPF_OPF_02_001_03e_A_investigacao_dos_temas_geradores_e_sua_metodologia_C.mp303e A investigação dos temas geradores e sua metodologia6,11 MBMP3Ver/Abrir
FPF_OPF_02_001_03f2_A_significacao_conscientizadora_da_investigacao_dos_temas_ geradores_C.mp303f2 A significação conscientizadora da investigação dos temas geradores16,75 MBMP3Ver/Abrir
FPF_OPF_02_001_04c1_A_teoria_da_acao_dialogica_e_suas_caracteristicas_C.mp304c1 A teoria da ação dialógica e suas características8,16 MBMP3Ver/Abrir
FPF_OPF_02_001_01a_Justificativa_da_pedagogia_do_oprimido_C.mp301a Justificativa da pedagogia do oprimido1,72 MBMP3Ver/Abrir
FPF_OPF_02_001_01b_A_contradicao_opressores_oprimidos_C.mp301b A contradição opressores oprimidos23,19 MBMP3Ver/Abrir
FPF_OPF_02_001_02c_Ninguem_educa_ninguem_C.mp302c Ninguém educa ninguém7,5 MBMP3Ver/Abrir
FPF_OPF_02_001_02e_Pes_de_pag_C.mp302e Pés de pags.2,23 MBMP3Ver/Abrir
FPF_OPF_02_001_04b42_Invasao_cultural_C.mp304b42 Invasão cultural6,4 MBMP3Ver/Abrir
FPF_OPF_02_001_04c4_Sintese_cultural_C.mp304c4 Síntese cultural8,35 MBMP3Ver/Abrir
FPF_OPF_02_001_03c_O_dialogo_comeca_na_busca_do_conteudo_programatico_C.mp303c O diálogo começa na busca do conteúdo programático3,92 MBMP3Ver/Abrir
FPF_OPF_02_001_04b41_Invasao_cultural_M.ogg04b41 Invasão cultural41,91 MBOGGVer/Abrir
FPF_OPF_02_001_04c4_Sintese_cultural_M.ogg04c4 Síntese cultural21,81 MBOGGVer/Abrir
FPF_OPF_02_001_01c_A_situacao_concreta_de_opressao_e_os_opressores_C.mp301c A situação concreta de opressão e os opressores11,18 MBMP3Ver/Abrir
FPF_OPF_02_001_01e_Pes_de_pag_C.mp301e Pés de pags.7,76 MBMP3Ver/Abrir
FPF_OPF_02_001_04b2_Dividir_para_manter_a_opressao_C.mp304b2 Dividir para manter a opressão7,32 MBMP3Ver/Abrir
FPF_OPF_02_001_04b3_Manipulacao_C.mp304b3 Manipulação7,04 MBMP3Ver/Abrir
FPF_OPF_02_001_04c2_Unir_para_a_libertacao_C.mp304c2 Unir para a libertação5,71 MBMP3Ver/Abrir
FPF_OPF_02_001_01d_Ninguem_liberta_ninguem_ninguem_se_liberta_sozinho_C.mp301d Ninguém liberta ninguém ninguém se liberta sozinho7,57 MBMP3Ver/Abrir
FPF_OPF_02_001_04c1_A_teoria_da_acao_dialogica_e_suas_caracteristicas_M.ogg04c1 A teoria da ação dialógica e suas características21,57 MBOGGVer/Abrir
FPF_OPF_02_001_04b2_Dividir_para_manter_a_opressao_M.ogg04b2 Dividir para manter a opressão19,9 MBOGGVer/Abrir
FPF_OPF_02_001_04a_A_teoria_da_acao_antidialogica_M.ogg04a A teoria da ação antidialógica50,2 MBOGGVer/Abrir
FPF_OPF_02_001_04b_A_teoria_da_acao_antidialogica_e_suas_caracteristicas_B.ogg04b A teoria da ação antidialógica e suas características3,58 MBOGGVer/Abrir
Recomendar este registo

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.

 

Valid XHTML 1.0! DSpace Software Copyright © 2002-2008 MIT and Hewlett-Packard - Comentários